CURCUMA, 100G

  • 0.95€

  • Disponibilidade:2-3 Dias
  • Código do produto: CURCUMA, 100G



A Curcuma é uma raiz que pertence à família do gengibre, originária do sudeste asiático, também conhecida erradamente por açafrão.
Ela aparece referida nos textos médicos da Índia, China, Tibete e Médio Oriente, já há mais de 2.000 anos, e é um dos elementos mais usado na Medicina Ayurvédica, que a utiliza em diversos tratamentos.

Quando se utiliza o termo “ Curcuma “ é para fazer referencia à curcuma longa, curcuma doméstica, açafrão-das-indias, turmérico, açafroa ou açafrão-da-terra.
Não deve ser confundida com o Açafrão, pois é completamente distinta.

Da raiz da sua planta é que se obtém a especiaria e os suplementos de curcuma.

Conseguimos encontrá-la fresca, seca inteira, ou em pó ( mais comum ).
Quanto mais forte a sua cor, mais sabor e valorizada é.

Além da sua principal utilização como condimento, possui substâncias que trazem muitos benefícios à nossa saúde.
As suas raízes contêm um óleo essencial, além de substâncias corantes como a curcumina ( de coloração amarelo-avermelhada ), responsável pela grande maioria dos seus benefícios, particularmente o seu grande poder anti-inflamatório.
Serve também como corante de tecidos e tintas.

Benefícios / Efeitos

Como alimento

  1. Auxilia na redução da gordura localizada: A curcuma auxilia o metabolismo, e reduz o potencial inflamatório do tecido adiposo, favorecendo a utilização das gorduras como substrato energético em dietas de emagrecimento.
  2. Antioxidante: Neutraliza a ação de substâncias que oxidam e por isso deterioram as nossas células corporais.
  3. Anti-alérgica: Ajuda a reduzir a produção corporal de histaminas, que são substâncias que causam reações alérgicas e inflamatórias. A alimentação que se faz actualmente, muito à base de fast food, gorduras saturadas e açúcares, vai estimular e aumentar grandemente a produção de histaminas. Desta forma, utilizar a curcuma numa base regular é importante.
  4. Anti-inflamatória: Pensa-se que os princípios activos da curcuma podem diminuir a inflamação ao reduzirem a libertação de hormonas pró-inflamatórias e os níveis de histamina (que além de ser um alérgeno, é também um composto inflamatório) e, possivelmente, aumentando a produção da cortisona natural nas glândulas supra-renais, sem produzir uma irritação gástrica, nem afectar o sistema nervoso. Uma alimentação que não seja equilibrada, vai contribuir para o aparecimento de muitas doenças inflamatórias. Existem inúmeros estudos que demonstram uma diminuição da inflamação e consequente benefício, em casos de: problemas gastro-intestinais (vários estudos demonstraram que ajuda por exemplo a evitar a formação de gases no estômago, melhora a digestão, é anti-ulcerosa, protege a mucosa gastrointestinal – esta proteção estende-se à prevenção de tumores do estômago e à inibição da proliferação de células cancerosas no cólon). artrite reumatóide (ajuda a atenuar os efeitos desta doença, devido aos seus efeitos diuréticos e drenantes sobre o organismo), osteorartrite, Alzheimer, doença de Crohninflamação e doenças das vias respiratóriasdiabetes e como referimos acima, na modulação da inflamação no tecido adiposo. Discute-se ainda, o papel que a curcuma poderá ter na prevenção de doenças inflamatórias, e não só na diminuição da inflamação já instalada.
  5. Auxilia na reparação muscular: Repara os danos oxidativos que ocorrem nas células musculares após a prática de exercícios físicos, sendo assim reconstituinte e energizante.
  6. Anti-cancerígena: Para além de prevenir o aparecimento do cancro, devido às suas substâncias anti-inflamatórias e anti-oxidantes, impede que ocorram multiplicações de células com alteração em seu DNA, e assim evita a formação de tumores.
  7. Hepato-protectora: Esta é uma das principais e mais reconhecida propriedade da curcuma. Para além de ser benéfica nos casos de problemas hepáticos e biliares, favorece o bom funcionamento do fígado, diminuindo os níveis do mau colesterol e triglicéridos, e aumentando o do bom colesterol. Auxilia a bílis a ficar mais fluida e aumenta o seu fluxo e, nalguns casos, contribui para o tratamento da hepatite A, B e C. Ao induzir à contração da vesícula biliar, parece prevenir a formação de cálculos biliares e contribuir para reduzir os existentes.
  8. Actua também como um potente agente anti-envelhecimento: Pelas suas propriedades antioxidantes e de proteção da nossa pele, ao actuar ao nível da proteção da elastina e do colágeno, que são responsáveis pelo tónus da nossa pele.
  9. Ajuda nos casos de imunodeficiência, melhora a circulação sanguínea, regula a menstruação e alivia as dores pré-menstruais
  10. O óleo extraído do rizoma da curcuma pode auxiliar na prevenção da contaminação por fungos.
  11. É uma alternativa ao uso de pesticidas e químicos usados na agricultura, pois possui uma capacidade antifúngica e antibacteriana.
  12. Estudos evidenciam que a curcuma é melhor absorvida pelo nosso organismo, e tem realmente um grande efeito terapêutico se usada e combinada como se mencionará à frente.

Inserir Comentário

Inserir Comentário

Obs: HTML não é suportado!
    Fraco           Bom